Twitter é utilizado para fazer mapas mais precisos de terremoto

Depois de revolucionar o modo como consumimos informações em tempo real, parece que o Twitter pode ser útil também para mapear terremotos.

Segundo o VentureBeat, o Twitter e um grupo de pesquisadores da Stanford uniram-se para ver como os tweets podem ajudar a criar mapeamentos mais precisos dos terremotos. Atualmente, “ShakeMaps” são produzidos em poucos minutos pelo U.S. Geological Survey usando gravações, uma equação de predição de movimento simples do chão e fatores de correção geológica local.

Curiosamente, os mapas são continuamente atualizados conforme novas informações emergem, incluindo relatos em primeira mão qualitativos do terremoto coletados de pesquisas on-line, e é ai onde entra o Twitter:

Para ajudar a melhorar a precisão do ShakeMaps, usamos todos os Tweets geo-tageados ao redor do mundo que contém a palavra-chave “terremoto” ou “tsunami” em várias línguas que ocorreu nos primeiros 10 minutos após os terremotos japoneses de magnitude 6 ou maior de 2011 para 2012. Nós achamos que o modelo com menor erro foi baseado em uma combinação de terremoto e recursos baseados em Tweet, como condições do local, distância fonte-a-local e o número de Tweets dentro de um determinado raio. A intensidade que a Terra treme estimada do nosso modelo são comparáveis com gravações históricas e convencionais estimativas fornecidas, por exemplo, pelo ShakeMaps do USGS.

shakemaps terremoto

A equipe então gera oito recursos baseados em tweet com a relação na distância de uma estação de gravação: contagem de tweets, números médios de tokens, número médio de caracteres, índice médio de primeira menção de uma palavra-chave, o número médio de aparições de palavras-chave, média de número de pontos de exclamação, número médio de traços e número médio de aparições de uma palavra-chave selecionada da palavra-chave em japonês (no exemplo acima).

Publicidade

Em seguida, foram treinados vários modelos usando esses recursos para criar mapas que incorporam os dados baseados em tweets.

Este é apenas um dos jeitos mais úteis e legais de usar tweets como uma fonte de dados em tempo real.

Publicidade

Naturalmente, toneladas de ferramentas de marketing aproveitam os tweets para analisar o sentimento do consumidor sobre marcas ou notícias, mas é sempre bom ver como o Twitter pode ajudar de certa forma a tornar o mundo um lugar mais seguro.

 

 

ZUTI