Explosão de fogos de artifício na Índia deixa mais de 100 pessoas mortas

Um grande incêndio em um templo hindu na Índia deixou mais de 100 mortos e centenas de feridos.

O incêndio foi causado por uma explosão de fogos de artifício no templo Puttingal em Kerala. O número de mortos da explosão é de 106 pessoas, mas deverá aumentar, de acordo com o Times of India. Pelo menos 350 pessoas ficaram feridas.

_89161668_1bd92437-4c5d-4908-89c0-39f6185b0ca2

A explosão ocorreu na hora local 3:30 no domingo, de acordo com o Times. A publicação informou que os fogos de artifício começara, às 01:00 na sequência de um festival, mas fogos que estavam sendo mantidos em um galpão de armazenamento de incêndio nas proximidades também explodiu.

“Uma faísca dos fogos caiu na pilha de explosivos guardados em um compartimento improvisado no chão, provocando o incêndio. O espaço era um grupo aberto e as pessoas podiam fugir”, disse um oficial da polícia.

Acredita-se que, pelo menos, 10.000 pessoas estavam dentro do templo para o festival de Ano Novo de Vishu quando foram engolidas pelas chamas. 

Publicidade

Dois helicópteros foram enviados para Kollam para transferir os feridos para o hospital. A maioria dos feridos sofreram queimaduras. O primeiro-ministro Narendra Modi twittou que está indo para a região para ver o estrago em primeira mão. Uma equipe de médicos, incluindo especialistas em queimaduras, estão participando da cena com ele.

“Eu estava no templo apenas alguns minutos antes de ver os fogos de artifício”, disse um dos moradores da aldeia, Krishna Das. Ele disse que viu dezenas de pessoas fugindo, perseguidas pelo fogo e pedaços de concreto e gesso que foram “jogados para fora” da construção do templo.

india1

Publicidade

Das disse que, logo após a primeira explosão foi ouvida, uma queda de energia atingiu o complexo. “Foi um caos completo. As pessoas estavam gritando na escuridão. Sirenes de ambulância foram acionadas, e na escuridão ninguém sabia como encontrar o seu caminho para fora do complexo”, disse ele.

ZUTI