Saiba como digitalizar documentos no Android

A expressão “digitalizar documento” te lembra o que? Provavelmente aquele processo chato, em que você gasta horas na frente de uma impressora, fazendo com que pedaços de papéis se tornem arquivos digitais. Mas esta é a era móvel ohglória, onde quase tudo pode ser feito com um smartphone. E digitalizar documentos é uma dessas coisas. Você só precisa de uma câmera.

Para começar a digitalizar tudo, desde recibos e até receitas ou poemas, você provavelmente já tem tudo que você precisa: um telefone Android com câmera e o aplicativo Google Drive. É isso aí. Você precisa do aplicativo completo Google Drive, não só o Notas ou o Power Point.

Como digitalizar fotos no Google Drive

Agora que você já tem o Google Drive, preste atenção pra saber como digitalizar uma foto

Primeiro, abra o Drive no seu celular e vá até a pasta onde gostaria que a sua digitalização fosse salva. (Você pode criar uma nova pasta se quiser)

No canto inferior direito, há um botão redondinho e azul com um símbolo de adição (+). Toque nele.

picture2

Publicidade

Isto irá abrir uma opção camada “Novo”, e a terceira opção na linha superior é “Scan/Digitalizar”, num ícone de máquina. É essa a opção procurada!

photo

A câmara irá abrir, e você está pronto para tirar a foto e digitalizá-la. Aqui estão algumas dicas que é bom você ter noção antes de começar a tirar as fotos:

  • Use um fundo contrastante: Se estiver digitalizando um documento em branco, coloque-o sobre um fundo escuro. Isso vai ajudar a câmera a encontrar as bordas;
  • Tente obter um plano reto: Se precisar colocar o papel no chão para obter uma foto boa e plana, faça isso. Vai resultar em uma foto mais plana e “boa”;
  • Seja paciente, pode demorar mais de uma foto: Às vezes, os grampos da função de digitalização das bordas podem cortar um pouco do documento, pode demorar algumas tentativas para obter uma digitalização perfeita.

cartazdigital

Agora que você tem a vibe de “como-fazer-direitinho”, tire a foto. Vai demorar alguns segundos para carregar, e você pode confirmar que recebeu o documento inteiro na imagem. Quando a vizualização carregar, aparecerão algumas opções na parte superior:

  • Corte: Se a imagem for muito grande, você pode cortar o excesso.
  • Paleta de cores: preto e branco é a opção padrão, mas você também pode digitalizar em cores. Há algumas opções aqui (Nenhum, Preto e branco, cores, desenho da cor), então basta escolher aquele que melhor se aplica ao que você está digitalizando.
  • Botão de estouro: Essa opção é tipo o resto todo do menu que você sentiu falta: deletar, renomear, girar e configurar. Enquanto os três primeiros são auto-explicativo, o menu “Definições” tem algumas opções para ajudá-lo a obter o máximo da sua digitalização: coisas como o aprimoramento automático de imagem, tamanho do papel, orientação e qualidade de imagem são todos encontrados nessa opção.

pht1

imageca

smartimg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Há também três botões na parte inferior: um sinal de mais, um botão de “refazer”, e uma marca de verificação. O + é para adicionar outra página ao mesmo PDF (eu amo esse recurso e vou protegê-lo!), O centro é a re-digitalizar o documento (caso tenha ficado uma porcaria), e o check confirma que a foto é boa para ser salva.

foto

Publicidade

Uma vez que tudo saiu perfeito e você pronto para salvar o documento, basta tocar o sinalzinho de certo! O Drive irá abrir, automaticamente, a pasta onde você disse que é para salvar o PDF e carregá-lo. Assim que terminar a sincronização, você vai ser capaz de ter o documento digitalizado a partir de qualquer outro dispositivo com o Drive instalado.

 

 

ZUTI