CyanogenMod 11 M6 finalmente é lançado e já está disponível para 50 dispositivos

Neste domingo (04), a equipe do CyanogenMod começou a liberar o lançamento CyanogenMod 11 M6, baseado no Android 4.4. A empresa tem planos de continuar lançando versões de Milestone do CyanogenMod a cada duas semanas, substituindo o antigo sistema de Release Candidates – sistemas mais estáveis que demoravam a ser lançados.

cyanogenMod-11

No momento da redação deste artigo, CM11 M6 já está disponíveis para 50 dispositivos, mas esse número pode continuar crescendo nas próximas horas e dias. Atualmente a versão M6 disponível já inclui as versões do Galaxy Nexus, Nexus 4, 5 e 7, Samsung Galaxy S, S2, S3, S4, Note 2, LG Optimus G, G2, G Pro, G Pad, HTC One e HTC One Mini. Confira a lista completa na página de downloads.

Aqui está o changelog oficial do CyanogenMod 11 M6:

  • Quiet Hours – Fix longpress QS tile option
  • Voice+ – Integrate into settings (under Wireless and Networks > ‘More’)
  • Blacklist – Add provider permissions
  • Lockscreen – Fix custom wallpaper crashes and album art issues
  • Display – Consolidate screen-off animation options (remove checkbox)
  • Bluetooth – Upstream updates and fix issues with audio routing to select car makes/models and disconnect issues
  • MultiSim – Additional support patches (15+) and UI/UX modifications
  • Lockscreen – Disable elements when in custom lockscreen
  • Quick Settings – Options to show smaller tiles; add BT device name to tile
  • Quick Settings – Fix QS tiles layout in landscape mode
  • Usage Stats – Fix screen on stats after boot
  • Resolve memory leaks in Frameworks
  • Settings – Show ‘eject card’ action for USB storage
  • Theme Engine – Introduce new Engine capabilities (chooser to arrive in nightlies this week)
  • Parallel Shutdown – Decrease shutdown time
  • Address security vulnerability for icons
  • Downloads – Add pause/resume support
  • Trebuchet – Hidden apps and labels support
  • Remove parallel boot dexopt from stable/cm-11.0 branch
  • And more (all changes from Mar 29th to April 30th)

Em um post no blog no blog oficial do projeto, o gerente de comunidade Abhishek Devkota falou sobre aparente lentidão da equipe em lançar uma versão estável do CyanogenMod 11.

Nas principais versões anteriores (CM10, etc), lançamentos estáveis ​​foram compilações que foram consideradas suficientemente sólidas para serem usadas diariamente, até mesmo porque muitos usuários não são muito experientes com ROMs personalizadas. O problema com essa estratégia de lançamento foi que ela deixou grandes lacunas de tempo entre as principais versões estáveis​​, reduzindo a velocidade em que novos recursos e correções de bugs críticos era realizadas para o usuário final, explica Devkota.

Publicidade

A equipe de CM já substituiu os lançamentos estáveis, bem como os Release Candidates, aumentando a frequência de lançamentos M (Milestone). Atalmente a equipe do CM consegue lançar uma nova versão a cada quatro semanas, mas o objetivo é diminuir o intervalo de lançamento para apenas duas semanas.

A equipe CM considera as versões Milestones tão utilizáveis ​​quanto as Stables que estão substituindo, com a vantagem possuírem uma data pré-determinada de quando pretendem ser lançados.

Os usuários que querem uma versão mais estável do CM deve procurar a última Milestone disponível para o seu dispositivo, enquanto os usuários que desejam experimentar os recursos mais recentes, mas também mais bugs e inconsistências, podem optar pelas versões Nightly.

Lançamento do CyanogenMod 11 no OnePlus One traz vários novos recursos que em breve começarão a se espalhar entre as versões do CM para outros dispositivos. Uma das maiores mudanças é a nova interface com tema Chooser, que permite aos usuários trocar os papéis de parede, ícones, sons e fontes, individualmente ou em pacotes.

Confira algumas imagens do CyanogenMod 11 M6:

Publicidade

Você já instalou a nova versão do CyanogenMod? O que você achou do sistema? Deixe sua opinião nos comentários logo abaixo!

1 resposta

  1. Thiago Vieira
ZUTI